[ editar artigo]

Quais áreas geram receita rápida para advogados iniciantes?

Quais áreas geram receita rápida para advogados iniciantes?

Entre as perguntas que gosto de fazer para advogados iniciantes provocando-os a raciocinar como um administrador de empresa, destaco:

1. Quantos meses de "vida financeira" você tem para manter o seu escritório? Famoso "capital de giro".

2. Das áreas que você está disposto a atuar, quais delas geram pró-labore e não dependem apenas do êxito no processo? 

3. Dentro destas áreas que geram pró-labore, quais "problemas/dores" o cliente precisa tomar uma decisão rápida quanto a escolha do advogado?

O motivo de gostarmos destas perguntas é simples: guardam total relação com o seu planejamento de marketing jurídico e/ou prospecção de clientes. Aprendi com um dos meus mentores durante a vida a máxima "capital de giro é o coração do negócio." (obrigado Ronaldo Garcia pelas aulas sobre este e outros diversos assuntos, você é o cara!).

Simplificamos ao máximo nosso método de planejamento de modo que advogados sem nenhuma experiência em marketing possam compreender e executar suas ações sabendo exatamente o que esperar de resultado. Para começar, vamos abordar os três pilares fundamentais:
 

1º - Estamos falando para um cliente que procura solução para o seu problema ou para um público-alvo que o desconhece ou não está buscando?


Sem dúvida este é o primeiro "divisor de águas", afinal, é muito mais fácil vender para quem está buscando solução do que ao contrário. A raciocínio é relativamente simples, segundo o Google são + de 5 bilhões de pesquisas diárias (pode apostar, milhares delas estão relacionadas com o que você quer vender!) e, se o seu escritório não aparece como resposta para nenhuma delas, certamente você está deixando diversas oportunidades escaparem entre os dedos.

Existem diversas formas de saber se existem pessoas procurando e como elas pesquisam sobre os problemas que você está disposto a resolver, para tal, sugerimos a utilização de alguns sites especializados em gerar ótimos insights para o seu planejamento de marketing jurídico:

https://neilpatel.com/br/ubersuggest/
https://answerthepublic.com/
https://www.semrush.com/
http://www.similarweb.com.br/
https://trends.google.com.br/trends/

Das opções acima, o mais difícil de encontrar informações é o Google Trends, justamente por só apresentar dados relevantes quando o assunto está realmente em alta, ou seja, se você buscar sobre uma matéria bem específica, certamente terá dificuldades de encontrar respostas.

Dica de ouro: nós, consumidores que não temos o conhecimento dos termos jurídicos, comumente chamados de "juridiquês", não utilizamos a mesma forma de pesquisar ao comparar com advogados, ou seja, você, advogado acostumado com os termos jurídicos, precisará pensar como um "leigo" pesquisando, só assim conseguirá identificar formas de pesquisa que falam exatamente da mesma coisa que você, só que diferente, sacou? rs.

As pessoas pesquisam de forma muito mais simples do que você imagina, pode apostar! Pergunte a pessoas próximas a você como elas pesquisariam sobre determinado assunto, vai se surpreender com as respostas.  

Exemplo simples:

Previdenciário x Aposentadoria - perceba a diferença nos resultados do Trends, ou seja, elas refletem exatamente nas combinações de perguntas que este público-alvo faz no google diariamente.

 

2º - Qual é o senso de urgência do seu cliente nos problemas que você resolve?


Supondo que você já identificou pessoas que estão procurando soluções nas áreas que você atende, é hora de você fazer a si mesmo a seguinte pergunta: qual é o senso de urgência do meu cliente, ou seja, ele pode se dar ao luxo de esperar para tomar uma decisão ou o seu caso é urgente e exige uma posição imediata?

Os três "níveis de urgência" que sugiro ter em mente são os seguintes:

Alta (solução imediata) a decisão costuma ocorrer em até 7 dias;

Média (solução passível de espera) é o típico cliente que precisa de um empurrãozinho para avançar, geralmente as decisões podem levar até 60 dias.

Baixa (0 urgência) este é o famoso "vo ve e te aviso", rs. Entre os três níveis simplificados, este é o cliente mais difícil de conversão tendo em vista sua flexibilidade de prorrogar o assunto e pesquisar melhor a respeito.

Agora, sugiro que reflita rapidamente sobre os últimos casos que atendeu em seu escritório e tente "encaixar" os problemas no níveis de urgência acima, obviamente que nem tudo segue a regra e exceções podem existir, no entanto, posso garantir pra você que é exatamente assim que agimos diariamente ao tomar uma decisão de consumo, seja para alugar um imóvel, comprar uma casa ou trocar de carro.
 

3º - Mostre-se um especialista exatamente no "problema/dor" do cliente, e não no "geral". 


Certamente esta é uma das maiores dificuldades dos advogados iniciantes, na "ânsia" de não deixar passar nenhuma oportunidade de negócio, é comum vermos advogados atolados em processos simples e sem tempo para atuar de forma estratégica para o futuro do escritório.

Pergunto a você, advogado que se encontra nesta situação, ou achando que a falta de foco irá comprometer o sucesso do seu escritório: se você não está focado no seu planejamento estratégico, quem está? Pode até soar confuso e contraditório se tratando de geração de receita rápida, mas posso garantir, é bem mais fácil gerar boas oportunidades investindo R$ 500 em um único problema do que distribuindo este mesmo valor em diversas áreas.

Diversos advogados que nos procuram para falar sobre marketing jurídico, quando questionados sobre já ter investido na ferramenta do Google Ads (compra de palavras-chave), é comum obtermos a seguinte resposta: "investi R$ 100 uma vez e não tive nenhum resultado, pro meu escritório não funciona".

Dá uma olhada nestes três exemplos abaixo, são escritórios que demonstram sua especialidade no problema do cliente desde o 1º contato no site, dessa forma fica muito mais fácil reforçar a autoridade no assunto e deixar claro que ele está em uma banca experiente na sua causa:

www.belloni.adv.br - Direito de Família com foco em inventário.
www.mtv.adv.br - Direito Empresarial com foco em Franquias.
www.guimaraeseguimaraes.adv.br - Direito Médico com foco em medicamentos de alto custo.

No vídeo, comento outros detalhes que fazem a diferença na criação destes fluxos, vale a pena assistir e tirar mais alguns insights antes de colocar a mão na massa.

 

Obviamente não estamos descartando outras diversas áreas promissoras do universo Jurídico, o intuito deste conteúdo é provocá-lo para a questão administrativa do seu escritório, afinal, se você não faz ideia de quando começará a colher os frutos do seu trabalho, certamente precisará de um bom capital para manter-se vivo no mercado, e sabemos que a grande maioria dos advogados iniciantes não faz ideia de como alavancar o escritório.

Nosso foco é transmitir um pouco nosso do conhecimento para você, advogado que está iniciando e precisa de ajuda em seu plano de negócio, conte conosco! 

Falamos mais sobre como captar clientes na advocacia por área de atuação em outro conteúdo do nosso blog, uma matéria com estratégias para escritórios com foco empresarial, trabalhista, previdenciário, tributário e muito mais, vale muito a pena dedicar alguns minutos para ler e colocar em prática. 

Deixe o seu comentário ou entre em contato enviando suas dúvidas sobre a técnica de Copywriting para aumentar sua conversão de contratos, terei o maior prazer em orientá-lo.

Abs.

Guilherme Barbosa
Especialista em Marketing Jurídico

3MIND Marketing Jurídico
Guilherme Barbosa
Guilherme Barbosa Seguir

Especialista em marketing com ênfase no universo Jurídico. Criador e mentor de novos negócios (startups), e expert em Inteligência analítica e Big Data (PUC-PR). Minha paixão - transformar números, dados e intuições em estratégias eficientes.

Ler matéria completa
Indicados para você