[ editar artigo]

Quer posicionar seu site de Advocacia na 1ª página do Google? Saiba como chegar lá!

Quer posicionar seu site de Advocacia na 1ª página do Google? Saiba como chegar lá!

Que o Google é o maior propagador de informações e serviços não é novidade pra ninguém, afinal, é a primeira ferramenta que acessamos para tirar dúvidas ou procurar algum produto específico.

Ao clicar na “busca” sobre determinado assunto no Google, aparece uma infinidade de conteúdos e propagandas sobre o mesmo tema possibilitando que o internauta tenha várias opções de escolha.

Os sites que aparecem rankeados na primeira página do Google são aqueles que se destacam em mais de 200 critérios avaliados pelo robô do google, passando pelos números de acesso, experiência do usuário, credibilidade e outras diversas análises. Ok, nada de novo até aí, certo? Agora vamos pensar como o Advogado que quer divulgar os seus serviços na web: quais os benefícios de aparecer no topo do Google? Isso trará um impacto financeiro em meu escritório?

Como escrito acima, existem dois jeitos de ganhar destaque no Google: 1) de forma orgânica (sem pagar nada) ou 2)aparecendo como anunciante através da compra de palavras-chave. As duas técnicas proporcionam uma maior visibilidade do site em relação aqueles que não aparecem ou encontram-se nas próximas páginas.

Com isso compreendemos que: maior visibilidade = fechamento de negócios? Nem sempre! Por isso é necessário elaborar bons conteúdos e anúncios para potencializar os resultados em seu escritório. E como fazer isso? É o que também vamos explicar neste conteúdo.

Como posicionar o meu site de advocacia na primeira página do Google?

Para que o Google seja o melhor amigo do seu site, o destacando na frente dos concorrentes, é necessário que o seu site de advocacia apresente principalmente, informações em texto iguais ou muito semelhantes com a forma de pesquisa do seu público-alvo.

Aqui vamos listar algumas dicas de SEO (Search Engine Optimization), para que o seu website tenha sucesso nas buscas do Google:

1) As pesquisas são realizadas através de palavras-chave, por isso é importante analisar qual termo se enquadra mais em seu serviço, e focar em construir títulos que tenham relação com a forma de pesquisa.

Por exemplo, o seu escritório é especialista em Direito Previdenciário e atende em Curitiba e Região. Agora pense como internauta: como seria a busca no Google por um advogado previdenciarista em Curitiba? Existem algumas formas de descobrir isso e a mais simples de todas é pelo próprio Google (!). Basta digitar possibilidades de busca na barra de pesquisa:

Dessa forma já temos três opções:

  • Advogado Previdenciário em Curitiba

  • Advogados Direito Previdenciário em Curitiba

  • Advogado especialista em Direito Previdenciário em Curitiba

O próprio robô do Google irá criar um ranking automaticamente com as palavras-chave mais acessadas, indicando-as quando forem pesquisadas.

2) Sites com conteúdos relevantes agradam o Google e o seu público-alvo. Para criar sua autoridade mais rapidamente na ferramenta, redigir conteúdos respondendo dúvidas recorrentes e notícias relevantes para o seu público-alvo, sem dúvida é uma das melhores estratégias. Textos e artigos que abordam as “dores” dos clientes jurídicos, podem ser decisivas para que o Google enxergue você como um parceiro estratégico, melhorando seu posicionamento de acordo com a sua capacidade de publicar informações úteis.

Por isso, mais uma vez é necessário pensar como cliente. Quais são os assuntos mais procurados pelo seu público-alvo? Por exemplo, o seu escritório é focado em Direito Trabalhista para pessoa física. Quais são os problemas mais recorrentes de funcionários ou ex-funcionários de uma empresa? Falhas contratuais? Demissão sem justa causa? Pagamentos não recebidos?


Procure elaborar textos com uma escrita mais leve, buscando sempre facilitar a leitura do público-alvo e proporcionando uma solução para o problema dele. Assim, ele entenderá que o seu escritório possui autoridade e se sentirá mais confiante a partir do fácil entendimento orientado por você, afinal, temos muita mais dificuldade de tomar uma decisão quando não entendemos "bulhufas" sobre o assunto.

"Eis uma controvérsia de inúmeros advogados, oferecer informação a ponto do cliente entender como resolver o seu problema, em 80% dos casos não reduzirá suas chances de contratação, bem pelo contrário, ele se sentirá mais confiante e grato pela ótima experiência (ativando o gatilho da reciprocidade), e este simples diferencial poderá ser o seu grande trunfo contra os concorrentes."


Guilherme Barbosa
CEO 3MIND

* Também podem (e devem) ser usadas técnicas dentro dos conteúdos para que o site apareça na primeira página do Google:

  1. Título do texto bem elaborado: crie títulos e cabeçalhos objetivos que chamem a atenção do cliente para que ele se convença de que nesse conteúdo terá a resposta do que precisa;
     

  2. Inclua a palavra-chave no título do texto: o Google possui algoritmos que consideram as palavras que encontram-se no título para entregar as informações de forma coerente;
     

  3. Palavra-chave na URL: o Google absorve todas as informações do conteúdo, inclusive as URLs. Por isso, é bacana personalizar todas as URLs de forma breve e direta conforme o conteúdo da página. Por exemplo: https://previdenciario.meloadvogados.com.br/blog/dicas-sobre-a-aposentadoria-especial/;
     

  4. Utilize o alt na imagem: para ter um melhor posicionamento no Google, é muito importante renomear a imagem para uma tag que tenha relação com o assunto. Por exemplo, se você utiliza a foto de um idoso em uma plantação e o tema do conteúdo é “Aposentadoria Rural”, substitua o arquivo para “aposentadoria especial”. Com isso, a imagem será melhor classificada nas buscas de imagem também;

3) Aumente ou melhore a velocidade do site. Isso pode ser mais importante do que se imagina! Quando estamos buscando algo no Google e clicamos em um site com uma velocidade lenta. O que acontece? Procuramos outros sites que tenham uma boa velocidade. Afinal, a maior característica do mundo cibernético é a rapidez e a praticidade, certo? As pessoas não costumam ter muita paciência para esperar páginas demoradas serem carregadas.

Por isso não adianta nada ter bons conteúdos se o seu site demora mais que 10 segundos para carregar. De acordo com o próprio Google, a velocidade do site é um dos principais responsáveis para um bom posicionamento. E é por esse motivo que os sites que tenham uma boa velocidade são os mais priorizados, tanto pelo Google, quanto pelo internauta.

O Google tem uma ferramenta que apresenta os problemas de carregamento para analisar a velocidade, clique aqui para acessá-lo.

4) Insira backlinks internos e externos. Esse é um dos principais fatores para o rankeamento e rastreamento do robô no Google. Esses links são aqueles que redirecionam para outros conteúdos dentro do próprio site, o que irá aumentar a relevância das páginas.

Redirecionar os links para outros sites que tenham relação com o assunto também pode ser uma boa estratégia. Se você pratica essa ação, o Google irá perceber que você está oferecendo uma boa experiência ao usuário e qualifica positivamente o seu site.

5) Crie redes sociais para o seu negócio. Embora o Facebook, Instagram e o LinkedIn não possuam relação direta com o Google, eles também podem fortalecer ainda mais os conteúdos dos seus sites.

Ao criar as contas nas redes sociais, existe uma maior possibilidade da propagação do seu conteúdo quando são publicados e compartilhados pelos usuários, o que é visualizado e levado em consideração pelo algoritmo do Google. Por isso é interessante compartilhar assuntos que sejam relevantes para o público e os incentivem a compartilharem ou marcarem o “like” no post.

Percebemos então que a soma de uma atualização constante do site + construção de bons conteúdos, podem ser ótimas estratégias de marketing em busca do topo do Google.

Estamos vivendo na era da globalização, onde constantemente aparecem novidades, transformando em poucos segundos, o “novo” em “velho”. Por isso, para que o seu site se mantenha relevante para o Google, é preciso um trabalho com extrema dedicação, inovação e estudo para acompanhar as tendências dos internautas.

Falamos mais sobre como captar clientes na advocacia por área de atuação em nosso site, uma matéria com estratégias para escritórios com foco empresarial, trabalhista, previdenciário, tributário e muito mais, vale muito a pena dedicar alguns minutos para ler e colocar em prática!

Obrigada pela leitura e conte conosco para esclarecer dúvidas sobre as suas ações de marketing jurídico digital.

Isabella Trevison

Especialista em Marketing Jurídico

 

3MIND Marketing Jurídico
Isabella Trevison
Isabella Trevison Seguir

É Jornalista de formação pela UTP-PR e estudante em Direito, já atuou como assessora de imprensa para clientes de diversas áreas. Atua no Marketing Jurídico, proporcionando a união entre comunicação e o mundo jurídico, minhas duas paixões.

Ler matéria completa
Indicados para você